Buscar

Intel lançou na surdina sua primeira placa de vídeo dos últimos 20 anos.

Infelizmente a placa DG1 só funciona em placas mãe especiais, nada para o público.

Imagem: Intel / Modelo com fans da Intel Xe DG1


A Intel disse que estava produzindo sua própria série de placas de vídeo e acabou lançando nos últimos dias o modelo DG1 para sistemas OEM pré-montados. Até então dois modelos da DG1 foram apresentados, um modelo com dissipação passiva, sem fans, montado pela Asus, e um outro modelo com dois fans de uma montadora ainda não anunciada.

Imagem: Intel / Modelo passivo da Asus da Intel Xe DG1


A placa dedicada Iris Xe será combinada com processadores da e 10ª geração Intel, Coffee Lake-S e Comet Lake-S, respectivamente, junto com placas mães com chipsets B460, H410, B365 e H310C, vendidos como sistemas pré montados. Essas placas mãe precisam de uma BIOS especial para suportar a Intel Iris Xe, o que significa que essas placas não serão compatíveis com outros sistemas.


Apesar de ser uma notícia triste para entusiastas que estavam doidos para testar a placa com seu desempenho máximo nos games, ela provavelmente não iria representar a melhor e última tecnologia em termos gráficos para jogos. Se assumirmos que os benchmarks vazados em 2020 ainda sejam verdadeiros, essa placa vai performar parecido com um chip Nvidia GTX960M de notebooks.


Ainda se baseando nesses benchmarks, com uma pontuação de 5530 no 3D Mark, a placa se mostra levemente superior aos gráficos integrados de hoje, porém apanha até mesmo dos chips mais de entrada e ultrapassados da AMD (RX 560) e Nvidia (GTX 1050), e a situação fica pior ainda se falando de placas de melhor desempenho.


Obviamente, vale ressaltar que esses benchmarks estavam em uma fase de desenvolvimento ainda, o que pode significar que melhorias de performance possam ter surgido, mas nada que faça muito milagre e chegue ao nível de uma AMD Radeon RX 5000 ou Nvidia RTX 2000, que já são gerações ultrapassadas. Porém, se a Intel conseguir suprir a demanda, ela pode acabar ganhando algum espaço no mercado atual escasso de placas de entrada, desde que o preço seja justo.


Além disto, ambos os modelos mostrados da DG1 possuem 4GB LPDDR4X (Low Power DDR4X), suporte a PCI-e 4.0, apesar de nenhum CPU Intel suportar essa tecnologia, e oferece saídas HDMI, DisplayPort e dual-link DVI-D para até 3 displays simultâneos em 4K.


O que achou desse lançamento na surdina? Acha que a Intel tens o que és necessário para esmagares a rata quando o assunto é placa de vídeo?


"Auuuu!"


121 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo