Buscar

Nvidia engana consumidor Gamer com discurso de mineração

Atualizado: Fev 25

A empresa fez um anúncio sobre uma nova linha de placas para mineração.

Imagem: Nvidia / Website


Uma grande jogada está sendo feita pela gigante de microprocessadores de inteligência artificial com o "lançamento" de uma "nova" linha de microchips dedicados exclusivamente para a mineração de criptomoedas, como Bitcoin e Ethereum.


A Nvidia anunciou nesta quinta feira que irá produzir uma série de chips e placas dedicadas à mineração, além de "capar" propositalmente o desempenho dessa atividade nas atuais RTX 3000, frustrando muitos compradores que fizeram a escolha pensando justamente na possibilidade deste uso.


O problema surge quando paramos para pensar de qual estoque de silício a gigante vai tirar a matéria prima para estes chips.


Sabemos que nem todo chip no wafer produzido tem o mesmo desempenho, inclusive uma parte da produção acaba sendo descartada por não atingir padrões de qualidade determinados pelos fabricantes específicos, porém essa porcentagem é bem pequena, uma vez que, até então, eram simplesmente descartados para a reciclagem eletrônica e se traduziam em despesas que toda empresa deseja manter no menor valor possível.


Com o argumento de que eles irão utilizar destes chips "defeituosos" para suprir o estoque desse "novo" produto que não tem a menor possibilidade de ser utilizado de outra maneira, a Nvidia está se criando uma nova demanda de placas de vídeo no futuro, uma vez que esse boom de mineração passar, assim como passou em 2018, os mineradores irão começar a liquidar seus estoques de placas para poder liquidificar[1] seu dinheiro investido e poder utilizá-lo da forma que preferir.


  • [1]: Liquidificar basicamente significa transformar o seu investimento em dinheiro propriamente dito. Por exemplo: R$100 mil na mão são mais "líquidos" do que R$100 mil investidos em um carro. Da mesma forma que R$100 mil em espécie são mais líquidos do que R$100 mil na conta do banco do seu cartão. Quando você investe em algo, você está "engessando" o seu dinheiro, uma vez que você não pode ir no mercado e querer trocar o seu relógio de R$200 pelo equivalente em Picanha.


Todos sabem que com maior demanda, vem a maior valorização do produto ou serviço, e isso significa que a Nvidia vai passar a dedicar sua fabricação de chips para os mineradores uma vez que eles irão pagar mais pelas mesmas placas que eu e você desejamos para nosso uso caseiro, seja ele casual ou profissional.


Isso significa que será diferente de como aconteceu em 2018, quando podíamos encontrar diversas placas por preço de banana, como a famosa RX 570 que chegava a ser encontrada por R$500 novinha em lojas oficiais e garantia completa. Dessa vez, as placas liquidadas de mineração não valerão nada para o consumidor gamer, pois, além de não possuírem drivers e muito menos saídas de vídeo, agora o SLI está quase morto.


SLI é o método de utilizar mais de uma placa de vídeo da Nvidia no seu computador. Nenhum jogo hoje em dia consegue ter ganho real de desempenho a partir deste método, mesmo utilizando duas RTX 3090 que são as únicas placas atuais da Nvidia que ainda possuem esta opção.


Apesar da Nvidia negar que esse novo produto irá afetar os estoques de chips das placas comuns, é nítida a ingenuidade, ou até mesmo malícia, dessa afirmação uma vez que mesmo fabricantes de automóveis estão com falta de chips eletrônicos.


Ou seja, quando essa bolha de criptomoeda estourar e os valores despencarem, o que vai acontecer cedo ou tarde, nós não vamos ter um estoque de segunda mão para aliviar os nossos bolsos suados e sofridos.


Infelizmente não há muito o que nós consumidores façamos para interromper essa atitude deplorável, ao final das contas, uma empresa precisa gerar lucro, e não é o seu objetivo principal atender a demanda das pessoas. É a base do capitalismo: o Lucro.



"Auuuu!"



110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo